Rui Zink

Home / Testemunhos / Rui Zink

A importância da indústria gráfica é absoluta. No cinema, no final, há o registo dos créditos, em que se referenciam os nomes de todas as pessoas que trabalharam no filme. Nós sabemos do Steven Spielberg mas depois temos muita, muita gente que trabalhou no cinema.
É pena que no livro, por questões de espaço, não possa haver esses créditos. O livro é sempre assinado pelo autor que é, por questões de marketing e de imagem, quem dá a cara e vê o nome em grande; pelo editor, que é o responsável geral pela produção daquele livro; e é também assinado pela empresa que o fabrica.
O livro é um objecto maravilhoso, que dura, através do tempo, através do espaço, e continua  a ser a melhor forma de comunicar ideias. Nesse sentido, acho que é fundamental este trabalho e estou muito admirado com a Norprint.
Aliás, a falar nas vossas costas, com uma pessoa que colabora convosco, porque a verdade sabe-se quando os implicados não estão a ouvir, ele fez um elogio rasgadíssimo à excelência da Norprint.
Parabéns – muitos! – à excelência da Norprint.
Obrigado, amigo.