A casa do livro
A casa do livro

Atividades

Áreas de Atuação
Qualidade

Portfolio

Livros
MARCELO REBELO DE SOUSA – UM ANO DEPOIS
10X10 – ENSAIOS ENTRE ARTE E EDUCAÇÃO
FERNANDO MARTINS – RETRATOS DE UMA VIDA
VISÃO – LER FAZ BEM
CORRENTES D’ESCRITAS

Como se faz um livro?

Como se faz um livro?
Aprende como se faz um livro com os Bochechas.
Ler mais

Testemunhos

Já trazia uma certa expectativa, porque há 30 anos levaram-me pela primeira vez a uma casa onde se fazem livros. Registo esse tempo com muita emoção, e saio daqui muito satisfeito porque não houve ninguém que não fosse hoje aqui lembrado. O labor das rotativas, lembrou-me, hoje, e aqui, o bater do
Vergílio Alberto Vieira
Vergílio Alberto Vieira
A importância da indústria gráfica é absoluta. No cinema, no final, há o registo dos créditos, em que se referenciam os nomes de todas as pessoas que trabalharam no filme. Nós sabemos do Steven Spielberg mas depois temos muita, muita gente que trabalhou no cinema. É pena que no livro, por questões
Rui Zink
Rui Zink
Una de las cosas que me ha asombrado, en una época donde se dice que el libro va a morir, substituido por la comunicación cibernética, es comprobar que hay verdadera arte incorporada al trabajo de la impression gráfica, es fantástico. Yo creo que es muy saludable que los poetas y los escritores sien
Mário Delgado Aparain
Mário Delgado Aparain
Não só na indústria da literatura, esta indústria gráfica tem importância no mundo, em toda a sua complexidade, na transformação das ideias. Quem sabe se o próximo Prémio Nobel da Química ou da Física não vai ser uma criança que vai utilizar um dos dicionários que estão aqui impressos? Mas isto par
Manuel Rui
Manuel Rui
“A importância da indústria gráfica… meu Deus, ela é definitiva! Pode matar um livro ou pode, de facto, salvá-lo. A substância damo-la nós, mas toda a parte da visibilidade, de torná-la legível, de torná-la capaz de aceder ao leitor parte destes lugares onde as pessoas fazem a sua parte física. Nós
Lídia Jorge
Lídia Jorge
Isto é realmente a casa dos livros. Os escritores primeiro escrevem, depois alguém faz o livro. A importância da Norprint é enorme. Nem a casa dos livros viveria se ninguém escrevesse, nem os escritores viveriam, não tinham visibilidade nenhuma, se não fossem impressos, se não fossem editados. Muit
João Rui de Sousa
João Rui de Sousa

Informações