Skip to Content

DICIONÁRIO DE FERNANDO PESSOA E DO MODERNISMO PORTUGUÊS

A ideia do “Dicionário de Fernando Pessoa e do Modernismo Português” partiu do editor da Caminho, Zeferino Coelho, e, contou com a coordenação do professor Fernando Cabral Martins. Uma obra com quase 600 artigos centrada na obra de Fernando Pessoa e nos traços culturais do seu tempo.


Noventa especialistas portugueses e estrangeiros, entre os quais Fernando J.B. Martinho, Manuel Gusmão, Richard Zenith, Haquira Osakabe (professor e investigador brasileiro entretanto falecido, a cuja memória a obra é dedicada), Leyla Perrone-Moisés, Jerónimo Pizarro, Manuela Parreira da Silva e Teresa Rita Lopes, demoraram dois anos a elaborar este dicionário.
Segundo o professor universitário e investigador, esta obra faz luz sobre "muitos aspectos: por exemplo, a relação entre o Pessoa e a Ciência, a relação entre Pessoa e a Alquimia, a relação entre Pessoa e a Linguística".
"Este dicionário é para pessoas interessadas em Pessoa, pessoas interessadas em poesia, pessoas interessadas em Arte - porque o Modernismo tem também uma zona que não é só literária. Por exemplo, há um longo artigo sobre o Amadeo de Souza-Cardoso, ou o Santa Rita Pintor, sobre vários artistas que são importantes e mesmo correntes estéticas, como o futurismo, o expressionismo ou o dadaísmo, etc.", professor Fernando Cabral Martins.



artigos | by Dr. Radut