Skip to Content

FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN - CINQUENTA ANOS, 1956-2006

Fundação Calouste Gulbenkian - Cinquenta anos, 1956-2006" é uma obra em dois volumes, coordenada por António Barreto, que regista o nascimento e crescimento de um projecto idealizado por Calouste Gulbenkian, tornado possível através do seu legado financeiro e da vontade de criar uma fundação apoiada em quatro pilares: Arte, Beneficência, Ciência e Educação.

A obra conta com o contributo de vários investigadores e centenas de imagens ilustram o trabalho feito nestes últimos 50 anos. Além do sociólogo António Barreto, participam José Medeiros Ferreira, António Correia de Campos, Jorge Simões, António Pinto Ribeiro, António Nóvoa, Jorge Ramos do Ó, Jorge Calado, Kenneth Maxwell e João Confraria.
Os autores do livro passaram em revista a história da fundação ao longo de 50 anos, com o seu património, desafios financeiros, opções estratégicas e resultados alcançados.
A relação da fundação com o país é também abordada, desde o momento da sua criação, em pleno Estado Novo, até a consolidação da democracia em Portugal. "As instituições são responsáveis pela sua memória. Porque é um elemento constitutivo da sua identidade e da sua cultura. Porque o registo e conhecimento do passado são indispensáveis para as decisões do presente, para as escolhas entre permanência e mudança, para opções que condicionam e enformam o futuro"- Rui Vilar, no prólogo desta obra.

Publicado na Newsletter Norprint, Dezembro, Ano 2007, No. 20




artigos | by Dr. Radut