Skip to Content

MENSAGEM

"Mensagem" é o mais célebre dos livros do poeta português Fernando Pessoa. Composto por 44 poemas e dividido em três partes - Brasão, Mar Português e O Encoberto, foi publicado em 1934, tornando-se na única obra deste autor em língua portuguesa a ser publicada antes da sua morte, menos de um ano depois.

Na "Mensagem" está bem patente o seu ideal patriótico, sebastianista e messiânico, e a crença na condução divina dos destinos da humanidade e da história: Deus quer, o homem sonha, a obra nasce (Parte I, O Infante). Editada pela Oficina do Livro, com prefácio de Richard Zenith (premiado em 2006 pela Academy of American Poets) e ilustrada por Pedro Sousa Pereira (co-autor do livro "Comandante Hussi", vencedor do prémio de Literatura Gulbenkian), esta colectânea de poemas encarada por Fernando Pessoa como fruto de uma missão patriótica e universalista, aborda as grandes personagens históricas portuguesas revisitando o passado glorioso de Portugal mas realçando também a necessidade do Portugal decadente (da sua época) se constituir de novo como império, não material mas da cultura e do espírito."Pessoa na sua Mensagem, dirigiu-se apaixonadamente a Portugal, mas não era apenas o Portugal de 1934 nem unicamente o Portugal rodeado por mar e terras de Espanha. A mensagem última da Mensagem é a de que é sempre a Hora, agora como então, para Portugal e para todos - países ou pessoas - estarem atentos aos símbolos e avisos do Destino, aproveitarem as lições de toda a sua história vivida e, assim armados, agirem como podem e serem tudo o que são." - Richard Zenith.



artigos | by Dr. Radut