Skip to Content

NIKIAS SKAPINAKIS - UMA PINTURA DESALINHADA

Nesta obra deparamo-nos com o trabalho dissecador da “anatomia” da pintura dita desalinhada de Nikias Skapinakis, da autoria de Bernardo Pinto de Almeida, especialista em Teoria e História da Arte e actual administrador da Fundação de Arte Moderna e Contemporânea – Colecção Berardo.


Trata-se de uma pintura não abstracta, mas sim metafísica cujo diálogo se encontra neste livro de partilha e que é, também, uma homenagem à Cultura Portuguesa, cuja edição exclusivamente patrocinada pelo Casino da Póvoa e realizada em co-edição com a editora Campo das Letras, está associada à atribuição do Prémio de Arte Casino da Póvoa 2006.
O presente livro – consequência do carácter democrático da Arte, que a retira do elitismo das Galerias –, contribui para iluminar a dedicação apaixonada,alusão feita numa entrevista, sobre a exigência da pintura, pelo artista plástico português de ascendência grega, nascido em Lisboa em 1931. Nesta belíssima obra a abordagem crítica de Bernardo Pinto de Almeida, possibilita-nos o enquadramento da vasta obra do pintor, um empenhado de toda a vida, distribuído em dez capítulos: “Nikias, 55 anos depois”, “O lirismo expressionista e a consciência da Modernidade”, “Figuração versus para-figuração”, “A segunda série para-figurativa: das paisagens de «Vale dos Reis» à expressão do desenho”, “O ponto metafísico”, “A contenção monocromática”, “A apologia da cor: A série dos cartazes”, “Retratos verdadeiros e falsos retratos”, “O desenho” e “A recuperação dos grafitti e as «Cortinas Mirabolantes»”. Galardoado com o 1º prémio de Artes Plásticas do Casino da Póvoa de Varzim, o maior do país no valor de 30 mil euros, entregue pela ministra da Cultura no passado sábado dia 16 de Dezembro, o artista tem neste livro mais uma grande homenagem.



artigos | by Dr. Radut