Skip to Content

REVISTA EGOÍSTA - PAZ

É o tema deste nº especial desta revista da Sociedade Estoril - Sol que dedica, desenvolvendo-o através de textos e imagens de autores de renome, o respectivo significado segundo perspectivas, visões e realidades, dando-lhe um sentido e interpretação mais amplos e vastos em contextos bem distintos, dada a pungente arbitrariedade e volatilidade que este tema implica no plano social, religioso, laboral, nas nações e sociedades beligerantes, nas instabilidades da saúde humana e na periclitante existência humana (”viver é um risco”).


Com uma encadernação de luxo, revestida com tecido branco inundado de purpurina, aludindo ao brilho reluzente da presente época festiva, e com baixo relevo da palavra PAZ vincado na capa e contra-capa, como que pretendendo implicitamente dar sentido perene ao título (interrogativo) do texto de Assis Ferreira que inicia este número: “A Paz existe?”.


Neste número que imediatamente se confunde com um livro, dado o seu aspecto físico atrás referido e com as suas 330 páginas, entre as quais poderemos ler a transcrição integral do discurso do Papa Bento XVI, na Universidade de Regensburg, que ofendeu os mulçumanos. Como também se poderão ler nelas textos de Bono, Al Gore, Dalai Lama, Elie Wiesel, Kofi Annan, Nelson Mandela. E de Agustina Bessa-Luís, Adriano Moreira, do cardeal patriarca D. José Policarpo, Luísa Costa Gomes, entre outros. Merecem também destaque pela qualidade dos trabalhos pictóricos intercalados com esses textos para o qual contribuíram autores também sonantes, mas da “comunicação pela imagem”: Susana Pinto, Graça Morais, Helena Gonçalves, Rachel Papo, Paula Oudman, Katharina Mouratidi, etc.
Por fim importa sim referir que a Egoísta foi novamente premiada a nível internacional, passando a possuir 12 galardões internacionais. A Egoísta recebeu recentemente mais três prémios: no Sinos 2006, o 7º Festival Internacional de Publicidade em Língua Portuguesa, a Egoísta com o tema “Coração” e a Egoísta sobre “Renascimento” ganharam respectivamente Prata e Ouro na categoria de Design de Comunicação. Na 20ª edição dos Epica Awards (Europe’s Premier Creative Awards) a revista foi distinguida com Bronze na categoria das publicações. As edições dedicadas à Cidade, Publicidade, Renascimento e Sonho Português vão passar a figurar na colecção permanente do Musée de la Publicité (Palais du Louvre) juntamente com os restantes premiados dos Epica Awards. Após conquistar em anos anteriores 9 prémios internacionais e 6 prémios em Portugal, a Egoísta volta a destacar-se no mercado editorial.



artigos | by Dr. Radut