Skip to Content

ÂNGELO DE SOUSA, TREZE ESCULTURAS + UM ESPAÇO

A Fundação Serralves apresenta de 26 desde Maio e até 2 de Setembro, no Pavilhão Centro de Portugal em Coimbra, a exposição "Ângelo de Sousa, Treze Esculturas + Um Espaço". Diplomado em pintura pela Escola de Belas-Artes do Porto, Ângelo de Sousa notabilizou-se principalmente como pintor, mas algumas mostras recentes evidenciam-no como um dos mais interessantes escultores da sua geração.

"A escultura de Ângelo de Sousa revela-se como um particular exercício de construção do desenho no espaço." - João Fernandes, Director do Museu de Arte Contemporânea de Serralves.

No livro são apresentadas além das fotografias das esculturas expostas, em que a sua grande maioria são de aço inox, aluminio e PVC, esboços de várias esculturas (sete desenhos a grafite e caneta de cor sobre folha de papel).

"...eu fumava cigarros e tinha reuniões, portanto não há como ter o consciente ocupado e o subconsciente à solta... não sei, talvez tenha feito uma coisa com uma folhinha de prata de cigarros e pensei: olha,uma boa ideia seria fazer isto em chapa" - Ângelo de Sousa em entrevista a Bernardo Pinto de Almeida, quando questionado sobre a origem da vontade de fazer esculturas, nomeadamente em chapa recortada e dobrada.



artigos | by Dr. Radut