Skip to Content

FRANCHINI – TRANSGRESSÃO VOLUNTÁRIA

Segundo, Fernando Durão - Artista Visual e Presidente da APAP-SP (Associação Profissional de Artistas Plásticos de São Paulo – Brasil), “Franchini em sua inquietação busca novos resultados mesclando várias técnicas para poder transmitir confortavelmente sua arte, e é na experimentação das diversas técnicas e linguagens que encontra conhecimento somado à sua sensibilidade resultando em uma obra sem fronteiras”. Já para Delfim Sousa, Director da Casa Museu Teixeira Lopes, “ A pintura de Franchini é, sem dúvida um desafio à nossa própria quietude e uma proposta estática em movimento de permanente re-construção.”

Maria Manuela Aguiar, vereadora da Cultura da Câmara de Espinho, refere-se a Franchini como um artista que se impõe no panorama da pintura portuguesa do séc. XXI. O catálogo agora editado reflecte a exposição patente na Galeria AP’Arte, em Miguel Bombarda- Porto do Mestre Franchini intitulada “Transgressão Voluntária”. São 28 obras que o Mestre expõe e que são agora publicadas em catálogo.



artigos | by Dr. Radut